Vingadores: Guerra Infinita

0

A era dos heróis no cinema chega ao ápice com o mais novo grande sucesso do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel), Vingadores: Guerra Infinita. O filme vem batendo recordes de bilheteria desde a sua tão esperada estreia, e já é o filme de herói com a maior bilheteria da história do cinema mundial, chegando em menos de um mês de execução a incrível marca de US$ 1,606 bilhão.

A Marvel construiu um universo consolidado que preza pelo excelente trabalho de adaptar seus personagens dos quadrinhos, sem perder a essência deles. Foram dezoito filmes e dez anos de planejamento da Marvel que culminaram neste momento.

Vingadores: Guerra Infinita chega pra dar início ao ato final dessa grande história. Heróis como Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Capitão América (Chris Evans), Pantera Negra  (Chadwick Boseman) e Guardiões da Galáxia (Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Batista, Bradley Cooper, Vin Diesel e Pom Klementieff) juntam-se para enfrentar a maior ameaça de todas, o vilão Thanos (Josh Brolin).

A trama é construída a parti da empreitada de Thanos pelas jóias do infinito. Estas, os objetos mais poderosos de todo o universo. A motivação do vilão pode ser perfeitamente compreendida por todo o filme, pois além de tudo sobressai a sua parte “humana” e sentimental. É surpreendente e ao mesmo tempo admirável como vilão rouba a cena e envolve todos em um filme que devia ser o palco principal dos heróis.

A maneira que a narrativa se constrói não deixa o público inerte nem por um segundo. O grande desafio de conciliar tantos heróis em tela foi superado de maneira precisa, já que há muito entrosamentos entre os personagens. E pra quem é fã, dá um gostinho especial assistir tantos encontros inesperados de heróis que faziam parte de arcos tão diferentes na história.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Informe seu nome aqui